domingo, janeiro 09, 2005

Ha-Lapid: MARANUSSIM

A publicação HA-LAPID no seu número 1, tem o seguinte artigo que transcrevemos na integra:

MARANUSSIM

(cripto-judeus)

Quando no seculo XV, governando em Castela Fernando e Isabel, os reis catolicos, se fizeram violentissimas perseguições e massacres de israelitas, alguns desses infelizes buscaram a salvação da sua vida e a dos seus entes queridos, aceitando o batismo cristão.

Cada individuo destes (que aparentemente se apresentavam como nazarenos, mas que no seu coração continuavam a guardar a fé de seus antepassados) era designado pelo nome de Maranus; palavras esta composta do adverbio hebraico Mar que significa amargamente, tristemente, e de participio passado do verdo anas (pronuncia-se anáce) que significa constrangido, forçado: querendo pois a designação Maranus indicar que esse individuo fôra violentamente forçado a mudar de religião.

Ouvindo o termo maranus, os não-judeus escreveram maranos, cujo som é egual ao da palavra hebraica, e tomaram-na como um plural.

A forma maranos encontra-se no livro de actas das vereações da Camara do Porto, sessões do ano de 1485. Nessa epoca e nessas actas quando se queria o som de dois rr, escrevia-se sempre essas duas letras, mesmo no principio das palavras: ex. rrecebudos, etc.

Ainda hoje os israelitas do norte de Africa designam pelo nome de anussim (plural de anuss) os cripto-judeus, que na tecnologia inquisitorial são chamados cristão novos.

E' no periodo da dominação do Santo Oficio em Portugal e Espanha, que aparece o termo marranos, contrafacção de maranus, com o fim depreciativo, para indicar as pessoas de sangue infecto das más septas, isto é, das que são oriundas de familias cujos antepassados não seguiam o cristianismo.

Porto - Nissan de 5687 (Abril de 1927)

3 Comments:

At 1/11/2005 10:17 da tarde, Blogger MATS said...

Bastante interessante a origem da palavra.

Cumprimentos
Marco Santiago

 
At 10/30/2008 11:56 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Estou a pesquisar meus antepassados e suponho que sou descendente de cristão novos, os forçados, arrancados de sua crença.

Tenho por demis simpatia pelo judaismo. Seus ensinamentos, musicas me enchem o coração.

Gostaria de trocar informações com outras pessoas sobre este assunto:
Meu e-mail: carloschapada@gmail.com

Shalom a todos.

 
At 10/30/2008 11:59 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Gostei bastante deste blogue e gostaria de participar da Associação da Juventude Israelita Hehaver para trocar informações.

Shalom.

 

Enviar um comentário

<< Home