quarta-feira, outubro 13, 2004

O que é um Judeu ?


É muito difícil encontrar uma simples definição do que é um judeu.

Judeu é todo aquele que aceita a fé judaica. Esta é a definição religiosa.

Judeu é aquele que, não tendo afiliação religiosa formal, considera os ensinamentos do Judaísmo - sua ética, seus costumes, sua literatura - como propriedade sua. Esta é a definição cultural.

Judeu é aquele que se considera judeu ou que assim é considerado pela sua comunidade. Esta é a definição prática.

Deve-se dizer também o que o judeu não é. Os judeus não são raça. A história revela que através de casamentos e conversões o seu número sofreu acréscimos sem conta. Há judeus morenos, louros, altos, baixos, de olhos azuis, verdes, castanhos e pretos. E apesar da maioria dos judeus serem de raça branca, há os judeus negros, os falashas, na Etiópia, os judeus chineses de Kai-Fung-Fu e um grupo de judeus índios no México, cuja origem, até hoje, ainda é um mistério para os antropólogos e arqueólogos.

O Judaísmo sempre foi uma fé viva, crescendo e modificando-se constantemente como todas as coisas vivas. Somos um povo cujas raízes foram replantadas com demasiada frequência, cujas ligações com as mais diferentes culturas foram muito intensas para que o pensamento e tradições religiosas permanecessem imutáveis. Sucessivamente, os judeus fizeram parte das civilizações, dos assírios e babilónios, dos persas, dos gregos e romanos e, por fim, do mundo cristão.

2 Comments:

At 11/26/2010 10:31 da tarde, Blogger fatima said...

Depois da leitura de "O que é um judeu?", ocorreu-me: judeu é 1 eleito, separado, seja em que vertente for, religião, etnia ou civilização! Acrescento que sou cristã, portuguesa, mas de certeza, judia, de coração! Shalom!

 
At 12/22/2011 12:57 da tarde, Blogger amado said...

acho que cada cristão convicto tem um pouco ou um muito de judeu, tanto pelo amor e admiração que temos por Israel e seu povo, como pelo salvador que alem de Israelita era Judeu também creio que daí vem nosso sentimento judaico embora não sigamos as tradições e não é nem necessário considerando as muitas influências que o judaísmo sofreu das mais diferentes culturas ao longo de existência.

 

Enviar um comentário

<< Home